Gaita de foles desenvolvida para o Grupo de bombos e gaitas e Escola de gaitas de fole Poiares, Ponte de Lima.

Trata-se de uma gaita de foles realizada sobre o modelo "1937", com fundamento nas imagens e sons obtidos do excerto do filme "A revolução de Maio", de Antonio Lopes Ribeiro, no qual um grupo de gaiteiros do Minho toca uma gaita de duplo bordão ao ombro afinada na tonalidade que se pode escutar no filme: Tónica em Si e Bordões em Si e Fa#. 

O ponteiro utilizado é o ponteiro replicado da gaita de Bravães 1950, de Emílio Araújo, por ser um ponteiro com um cone acústico francamente aberto e potente, manifestamente preparado para tocar com bombos. 

 

Esta gaita é uma reinvenção da tradição, cruzando duas realidades minhotas do início do Século XX: A gaita de 1937 de duplo bordão ao ombro e a gaita de Bravães 1950, com sua especial potência sonora. 

 

O desenho geral da gaita apoia-se em diversa e profusa iconografia, do Séc XIV ao Sec XIX

 

Dispõem de algumas evoluções tecnológicas no respeitante ao sistema de válvula que comanda o abastecimento de ar aos bordões, que pode funcionar convencionalmetne com um corte de ar apenas do bordão tenor a montante do palhão, ou uma valvula rotativa que corta alternadamente cada um dos bordões mantendo o outro em funcionamento ou fechando os dois ou tocando os dois em simultaneo (situação normal em toque).

Gaita de Foles "Santiago de Poiares"

€850.00Preço

    SIGA-NOS no Facebook

    • Facebook Social Icon

    FIQUE CONOSCO 

    Contacto

     

    +351 936971238

    jorgelira1967@gmail.com

     

    Morada & Oficina: 

    Via Diagonal 2190

    4475 - 078 MAIA

    Portugal

    © 2017 Jorge Lira - Gaitas de Fole