Jorge Lira

 

Arquitecto pela faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (1985-1991)

 

Enquanto estudante universitário integrou o Orfeão Universitário do Porto.

 

Durante a estadia no OUP rumou a Terra de Miranda, com apoio de João Paulo Castro e seus pais, Prof. Afonso Castro e a Profª Maria da Luz, que o receberam na sua casa de S. Joanico - vindo a conhecer Joaquim Antão, gaiteiro tradicional (imagem à direita) natural da Granja da Silva e residente em S. Joanico, Vimioso, que o adoptou como aprendiz de gaiteiro, assim como muitos outros gaiteiros tradicionais com quem aprendeu sobre a tradição e o toque deste instrumento, entre os quais Manuel Francisco Aires, dito "o Pascoal" (imagem direita ao centro) ou ainda outros músicos tradicionais como por exemplo o tamborileiro Virgílio Cristal, de Constantim (imagem direita abaixo).

 

Participou em algumas dezenas de projectos musicais na área  da musica tradicional e etnográfica, assim como projectos corais, ópera, música medieval e renascentista.

 

Integrou o grupo "Vai de Roda" entre os anos de 1989 / 1997, após o que iniciou dedicação exclusiva à investigação e processamento da informação recolhida desde 1985 sobre a gaita de foles sem mais projectos musicais regulares.

 

Produziu e editou em 2005 um CD com alguns dos fonogramas por si gravados nos anos 80 no Planalto Mirandês: "Bi benir l'gaita". 

Autor de diversos artigos e publicações em revistas da especialidade, realiza trabalho de medição e réplica de instrumentos antigos, realizando o seu registo em desenho e réplica física.

 

Esse processo de estudo, aplica-o  na evolução da construção de novos instrumentos, que constrói para utilização em âmbito amador e profissional. Em 2015, foi convidado da Brigada Vitor Jara para participação no concerto da celebração dos 40 anos no Festival Intercéltico de Sendim, tocando dois temas com uma gaita Mirandesa réplica da gaita de Manuel José Lopes (tiu Pepe) modelo de 1906, cuja recuperação se deve à investigação realizada em conjunto com Mário Correia no Museu da Terra de Miranda, 2013.

O seu trabalho de investigação, pesquisa, construção e inovação sobre as Gaitas de Fole foi reconhecido e galardoado na Gala da Inovação da Universidade do Porto em 2016.

Entrega do troféu na categoria de Inovação Artística 2016

 

Pró-Reitor da Universidade do Porto, Prof. Dr. Carlos Brito

S. Joanico, Vimioso, 1987

Gaiteiro: Joaquim Antão

Cércio, Miranda do Douro, 1991

Gaiteiro: Manuel Francisco Aires

Constantim, Miranda do Douro, 1987

Virgílio Cristal 

SIGA-NOS no Facebook

  • Facebook Social Icon

FIQUE CONOSCO 

Contacto

 

+351 936971238

jorgelira1967@gmail.com

 

Morada & Oficina: 

Via Diagonal 2190

4475 - 078 MAIA

Portugal

© 2017 Jorge Lira - Gaitas de Fole